04/07/2022 19:08:08

Geral
19/05/2022 09:00:00

Revista da Esmal abre sétima edição com artigo sobre comunidade quilombola do Muquém


Revista da Esmal abre sétima edição com artigo sobre comunidade quilombola do Muquém

Está disponível a sétima edição eletrônica da Revista da Esmal. Lançada anualmente com fluxo contínuo de publicação, o periódico é atualizado constantemente com artigos científicos com temáticas relacionadas ao Poder Judiciário e ao Direito.  

O artigo que abre a sétima edição do periódico foi escrito pela mestranda em Direitos Humanos e analista judiciária do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL) Danielle Moura. O trabalho analisa as condições de vida dos quilombolas do Muquém, única comunidade alagoana autodeclarada como remanescente do Quilombo dos Palmares. 

Para ler a íntegra do artigo 'A terra enquanto fio condutor da humanidade e da resistência quilombola: de Palmares a Muquém', clique aqui

“O Quilombo dos Palmares é um símbolo de resistência negra à escravidão. O trabalho discute, a partir da perspectiva crítica dos Direitos Humanos, a questão da terra enquanto condição de existência das comunidades e povos tradicionais brasileiros”, diz a analista judiciária em trecho do trabalho acadêmico. 

Danielle Moura faz uma análise histórica, desde o período colonial até o presente, dos sentidos da palavra quilombo no Brasil. A seguir, ela explica sobre o modo de vida e de resistência dos moradores do povoado de Muquém, situado no município alagoano de União dos Palmares.

“Embora essa comunidade continue se reproduzindo cultural, social e economicamente numa conjuntura econômica capitalista, ela ainda não possui o título de propriedade do território ocupado e vivencia, em razão de uma frágil organização política, vários conflitos e tensões ligados à terra”, expõe a servidora do Judiciário em outro trecho do artigo. 

Acesse o site da Revista da Esmal

Fluxo contínuo de publicações

Pesquisadores podem enviar, ao longo de todo o ano, seus trabalhos acadêmicos para análise do Conselho Editorial da Revista da Esmal. Após aprovação, os artigos são publicados na edição corrente da Revista da Esmal.

Para submeter artigos, é necessário que os autores se cadastrem na plataforma da Revista da Esmal. Poderão ser submetidas produções feitas por até quatro autores, que podem ser mestres, doutores, mestrandos, doutorandos ou graduados. 

Os trabalhos são avaliados por profissionais com formação e experiência, geralmente mestres e doutores, de instituições de ensino superior e/ou pesquisa. Cada artigo é examinado por pelo menos dois revisores, que não têm acesso ao nome dos seus autores.

Mauricio Santana - Esmal TJAL

imprensa@tjal.jus.br



Enquete
Se posicione a favor ou contra o uso da macanha mesmo para fins medicinais
Total de votos: 97
Google News