26/10/2021 08:46:25

Maceió
01/09/2021 19:00:00

Familiares de presos protestam fechando vias em Maceió contra suspensão de visitas

Policiais penais anunciaram na segunda (30) a paralisação das atividades por tempo indeterminado


Familiares de presos protestam fechando vias em Maceió contra suspensão de visitas

Familiares de presos fecharam várias vias em Maceió, na tarde desta terça (31) em protesto pela retomada de visitas e entrega de feiras no Sistema Prisional. Estas, foram suspensas desde segunda (30), após o início de mais uma paralisação dos policiais penais.

Além do retorno das visitas, manifestantes também cobraram divulgação de um calendário extra para visitas e entrega de alimentos no complexo penitenciário.

Mães e esposas de presos antes participaram de uma reunião, na Secretaria de Estado de Ressocialização e Inclusão Social (Seris), quando depois saíram em protesto. Tomando rumo até a Fernandes Lima, interditaram várias ruas até chegarem à mais importante Avenida do capital.

De lá, partiram em direção ao Palácio República dos Palmares, no Centro, bloqueando a Ladeira dos Martírios e congestionando o trânsito na região. Muitos passageiros, inclusive, precisaram descer dos ônibus e seguir seu caminho a pé.

A Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (SERIS) comentou o protesto em nota. Confira na íntegra:

“A Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (SERIS) informa que mantém aberto o diálogo com os familiares dos reeducandos. Prova disso é que, nesta terça-feira (31), o secretário da Ressocialização, coronel PM Marcos Sérgio de Freitas, reuniu-se com uma comissão de familiares para debater demandas apresentadas à gestão prisional.

Na oportunidade, o secretário explicou seguir confiante de que o pleito dos policiais penais também será atendido na próxima quarta-feira, 08 de setembro, data prevista para a realização de uma audiência entre representantes da SERIS, SEPLAG, Governo do Estado e Sindicato dos Policiais Penais”.

Paralisação

Os policiais penais anunciaram a paralisação das atividades por tempo indeterminado na segunda (30). Eles reivindicam uma resposta do governo do Estado sobre o reajuste salarial da categoria.

Além das visitas, também estão suspensos o recebimento de feira, o atendimento de advogados e atendimento de saúde que não for caso de urgência ou relacionado à Covid-19.

https://eassim.com.br/ 



Enquete
Você concorda com a mudança da feira livre de União dos Palmares para a margem da BR-104?
Total de votos: 343
Google News