Temer pode recorrer à Justiça contra dono da JBS

175
Presidente diz que vai superar crise
Presidente Temer

O presidente Michel Temer chamou o advogado Antonio Claudio Mariz à capital federal para avaliar se recorrerá à Justiça em relação às gravações obtidas pelo empresário Joesley Batista, dono da JBS. O conteúdo dos áudios foi divulgado na noite desta quinta-feira (18).

As informações são do Blog de Andreia Sadi, do G1.

O governo pode tomar medidas judiciais para se defender das denúncias contidas nas gravações. Durante pronunciamento mais cedo, Temer disse que as conversas foram obtidas “clandestinamente”.

A estratégia do Planalto deve ser o de minimizar o teor das gravações envolvendo o presidente.

LEIA TAMBÉM: Temer diz que vai resistir: ‘vou sair dessa crise’